Sempre falo por aqui da importância da nossa alimentação em relação à saúde respiratória.

Compostos como o ômega 3 (presente na linhaça, em peixes e castanhas); o magnésio (encontrado em castanhas, sementes e grãos); e o gingerol (uma das principais substâncias ativas do gengibre), reduzem a inflamação e a produção de muco, aumentando a capacidade pulmonar e a eficiência do processo respiratório.

A vitamina C (encontrada em goiabas, laranjas, kiwis e pimentões) ajuda nossos pulmões a transportar o oxigênio pelo corpo e estudos apontam que, seu consumo regular, diminui as chances de desenvolvimento de doenças respiratórias, como bronquite e asma.

Já o zinco (encontrado no feijão e na lentilha) e o selênio (presente nas castanhas, nozes e peixes) além de fortalecer nosso organismo, combate infecções.

Uma alimentação equilibrada, rica em alimentos com alto valor nutricional também pode fazer toda a diferença em nossa qualidade de vida, na saúde do nosso intestino e na qualidade do nosso sono (SIM, porque tudo está interligado!).

Deixe uma resposta

Dra. Ananda Soares

Dra. Ananda Soares é especialista em otorrinolaringologia pela Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial. Também é especializada em Rinologia, Cirurgia Vídeoendoscópica dos Seios da Face e Otorrinopediatria.